Valorizar o que é nosso…

Desde há alguns anos a esta parte tem-se consolidado em mim uma crença por via de varias leituras de diferentes autores: A tua energia flui para onde colocares a tua atenção. O conceito é bastante simples pelo que não me vou alongar muito em explicações e vou saltar directamente para as conclusões, vale?

“Se passarmos o nosso tempo a valorizar e a procurar resolver os desafios da vida vamos de certeza obter resultados mais positivos, do que se passarmos o mesmo tempo apenas a criticar o sistema a ver as falhas dos outros”

Como valorizar o que é nosso com a colaboração de todos?

O Movimento Mira-Minde em colaboração com o Circulo Cultural Mirense e a Casa do Povo de Minde, está a promover 3 concursos com a intenção de valorizar o nosso território comum, “A Mata” ou seja o Polje de Mira-Minde.

 

 


A intenção é promover junto de públicos diferentes o “nosso tesouro” que muita gente desconhece, seja através das belas fotos e videos que todos nós vimos nas redes sociais, seja através da apropriação do espaço pelos mais jovens, seja através de propostas artísticas que finalmente possam sinalizar com a devida importância o Polje de Mira-Minde a quem nos visita ou por aqui passa.

Contamos com a colaboração de todos para imprimir neste lugar tão mágico uma nova dinâmica, que traga crescimento, economia e uma existência ainda mais feliz e saudável a todos.


1º Encontro Português de Economia Solidária

Os vencedores do concurso de fotos e Videos e do Concurso #AminhaMATA, serão anunciados durante a realização do 1º Encontro Português de Economia Solidária que teremos o prazer de Co-Organizar com a REDPES, no último fim de semana de Março, não percam a oportunidade de participar e partilhar de outras maneiras de viver em comunidade que se estão a ensaiar por essa Europa fora. (Programa disponível brevemente)


Agradecemos antecipadamente a colaboração das Juntas de Freguesia de Minde e Mira de Aire e das Câmaras Municipais de Porto de Mós e Alcanena, fazendo o que lhes é possível na promoção destes movimentos de cidadania activa.

Partilha este artigo...

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest