Media
Miguel Tristão

Inauguração do MM1

No dia 1 de Dezembro com 125 pessoas inscritas realizou-se a caminhada de inauguração do caminho MM1, recuperado pelos voluntários do Movimento Mira-Minde (agora associação).

ver +
História
Joaquim Pinto Ribeiro

História da Cisterna Grande

Naquele covão, lá onde Minde e a Mira estão (a rima é de Francisco Madeira Martins, poeta minderico), forma-se um mar de água imenso no inverno, mas de roto que é o chão, bem a brotam os algares em anos chuvosos e melhor a bebem nos meses de estio que se seguem, quando mais precisa seria para lavouras e gado. Como forma de contornar tal travessura da natureza, construiu o homem serrano poços de paredes empedradas nas zonas de solo mais argiloso, e por isso impermeável, assim como pequenas cisternas e pias junto das vinhas para fazer a calda bordalesa – tudo se encontra agora ao deus-dará.

ver +
História
Joaquim Pinto Ribeiro

Lenda do Canto da Preta

Chegados os Franceses à Mira e a Minde, um bom lote deles, atendendo aos estragos que fizeram, quem pôde fugir fugiu, para outras terras onde tinha família ou amigos, para os ermos das serras, enfiando-se em cabanas de lajes, nos buracos das grutas ou em pardieiros desabitados. Quem não pôde fugir, ou por teimosia não quis, foi molestado. Foi o caso da “Preta”, proprietária do seu “Canto”, que nos desculpe a escura cidadã tratarmo-la assim, mas não subsistiu na História o seu nome.

ver +
História
Joaquim Pinto Ribeiro

O Tesouro de Mira de Aire

Em Janeiro de 1934, a 300 metros a norte da antiga Igreja Paroquial (na zona onde fica hoje a Travessa da Fiandeira), o trabalhador Américo

ver +
Ideias
Miguel Tristão

Associação Movimento Mira-Minde

Chegou a hora de dar passos mais fortes! Dia 17 de Fevereiro de 2021 formalizamos o nosso Movimento informal de cidadãos no formato de associação,

ver +
Fotografia
Miguel Tristão

Livro de Fotografias de autor

Luís Afonso, fotógrafo de natureza. Há anos que fotografa o Polje, que considera a sua “casa”, fotograficamente falando e não só. Este ano vai lançar

ver +
Agricultura
Miguel Tristão

O Grande Hiato

Por estes dias sinto como se vivesse dentro de um enredo de um filme de ficção cientifica, o nosso mundo, a nossa maneira de viver,

ver +
Rádio Dom Fuas
Media
Miguel Tristão

Fomos à Rádio D. Fuas

Quando eu era “teenager” havia na minha terra duas emissoras de rádio, uma rádio local, Rádio Voz de Mira de Aire e outra que era

ver +
Poesia
Graça Rodrigues

Mata

Eu já não vivo aqui. Procura-me onde as árvores desenham círculos de sombra no musgo, ou onde os trilhos bifurcam indiferentes, ou no meio de

ver +
Ecologia
Maria Teresa Santos

A Nossa Floresta

Gostaria que recordássemos todos, o lugar único onde nos encontramos a viver. Este maciço de calcário que se ergue entre as lezírias do Tejo e

ver +